Aprenda a regular corretamente os retrovisores e evitar ponto cego

Parece simples, mas a regulagem dos retrovisores é feita de forma errada por muita gente. E uma pequena diferença na posição destes espelhos pode resultar em um ponto-cego. Existe um mito grave que muita gente acredita e passa para a frente: dizem que é preciso ver a lateral do carro no retrovisor. Isso está completamente errado! Aquele espaço que o espelho está refletindo a lateral do carro, na estrada, pode caber o reflexo de uma moto. Por isso, é preciso que o espelho esteja um pouco para fora, refletindo apenas a rua.   

“Regulando os retrovisores laterais de forma inadequada, ou seja, com grande parte do veículo sendo visível no espelho, você pode aumentar a área de ponto cego em até 40%, o que pode ser crucial para evitar um acidente”, explica Alessandro Rubio, coordenador técnico do Cesvi Brasil/Mapfre em entrevista para o AutoPapo.

Isso porque os espelhos retrovisores foram criados para auxiliar o motorista a enxergar áreas que não podemos ver diretamente com os olhos. Os ajustes corretos reduzem os pontos cegos, evitando acidentes.

 

Como fazer a regulagem correta dos retrovisores?

 

Vamos começar reforçando o que já dissemos antes: não, o retrovisor não deve mostrar uma parte do carro. A medida certa é, sentado da forma que você dirige, o retrovisor deve ultrapassar levemente a lateral do carro. Os espelhos retrovisores precisam cobrir o maior campo de visão possível. Se você mantiver o retrovisor mostrando a lateral de seu carro, o que você está fazendo é aumentar os pontos cegos, o que reduz a visibilidade e aumenta as chances de acidente.

 

E existe uma leve diferença entre os dois espelhos. Como explica o AutoPapo, o retrovisor do lado esquerdo, mais perto do motorista, costuma ter a lente plana, enquanto o do lado direito, próximo ao carona, é geralmente convexo ou biconvexo. Isso é feito para melhorar o campo de visão do motorista, pois os espelhos convexos geralmente são utilizados para que o campo de visão seja ligeiramente ampliado. Ou seja, os objetos mostrados pelo equipamento do lado direito costumam estar mais próximos que os vistos pelo lado esquerdo.

 

Assista abaixo a um vídeo que ensina como fazer os ajustes corretos, apresentado por César Urnhani, piloto de provas da Pirelli. E não esqueça de enviar esta matéria para amigos e familiares que usam o retrovisor da forma errada. Segurança no trânsito é prioridade!

Fonte: AutoPapo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *